Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/550
Título: EFETIVIDADE DAS INTERVENÇÕES FISIOTERAPÊUTICAS NA DISFUNÇÃO SEXUAL EM PACIENTE COM ENDOMETRIOSE: um estudo de caso clínico
Autor(es): CUNHA VIEIRA, ALANNA
Palavras-chave: Dispareunia
Vaginismo
Endometriose
Fisioterapia
Data do documento: 1-jul-2018
Resumo: A disfunção sexual afeta milhares de mulheres sendo, capaz de influenciar fatores orgânicos, emocionais, sociais e também na insatisfação do parceiro. O transtorno sexual doloroso promove um grande impacto negativo na qualidade de vida sexual sendo a dispareunia e o vaginismo umas das queixas mais frequentes de mulheres com endometriose. O vaginismo é um espasmo muscular involuntário consistente da musculatura da vagina podendo impedir a penetração. A dispareunia consiste de dor persistente ou recorrente ao coito. A endometriose é caracterizada por tecido funcional, similar ao endométrio presente dentro e fora da cavidade uterina, com sintomas de dismenorréia, dispareunia, dor pélvica crônica e irregularidades menstruais e inférteis. O tratamento baseia-se em medicamentos e cirurgias, mas para as consequências conta com a fisioterapia como coadjuvante. Este trabalho busca descrever estudo de caso através de análise de prontuário avaliando os efeitos promovidos pela fisioterapia, no tratamento do vaginismo e dispareunia relacionado a endometriose. Foi selecionado o prontuário de paciente diagnosticada com endometriose, dispareunia e vaginismo, que se encontra em tratamento fisioterapêutico na clínica da UNIUBE, realizando 157 sessões de fisioterapia. O tratamento proposto foi massagem perineal com digitopressão, alongamento de toda a musculatura pélvica e membros inferiores, uso de eletroestimulação e biofeedback além de exercícios de Kegel. Foi orientado tanto a paciente quanto ao parceiro a necessidade de trabalharem em conjunto. Paciente apresentou boa evolução do quadro, obtendo ótimo resultado assim teve alta. A fisioterapia apresenta avanços para a melhora geral do quadro de portadores de endometriose, porém é fundamental novos estudos para ampliar a base clínica e com isso conseguirmos melhores resultados.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/550
Aparece nas coleções:2017/1

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC PARA CD.pdf501,45 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.