Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/686
Título: EXPRESSÃO IN SITU DOS RECEPTORES DO TIPO TOLL (TLR 2 e 4) E GALECTINAS (GAL 3 e 9) NAS LESÕES PERIAPICAIS CRÔNICAS HUMANAS COMPARADOS COM TECIDOS CONTROLES.
Autor(es): MEDEIROS DE OLIVEIRA, RITA DE CÁSSIA
Rodrigues, Denise Bertulucci Rocha
Palavras-chave: galectinas
TLR
cistos radiculares
granulomas periapicais
Data do documento: 22-mar-2013
Resumo: Introdução: os cistos radiculares e granulomas periapicais são mediados por uma combinação de moléculas inflamatórias que se desenvolvem de modo a prevenir a infecção periapical em resposta de espécies microbiana no canal dentário. Sabe-se que o reconhecimento dos patógenos é feito por moléculas do tipo TLRs e que as galectinas são lecitinas que podem ser associadas com o processo inflamatório, estimulando ou inibindo o sistema imunitário. Objetivo: avalia a expressão in situ de receptores Toll-like (TLR-2 e TLR-4) e de galectinas (Gal-3 e Gal-9) em cistos radiculares e granulomas periapicais em comparação com o grupo controle negativo. Método: Foram analisados 62 casos (30 cistos radiculares, 27 granulomas periapicais e cinco casos do controle negativo). Foi utilizada a imunohistoquímica indireta para avaliar a expressão de TRLs (TLR-2 e TLR-4) e galectinas (Gal-3 e Gal-9). Resultados: a expressão de Gal-3 e Gal-9 foi significativamente maior nos granulomas periapicais e cistos radiculares comparados ao grupo controle. Do mesmo modo, tanto Gal-3 e Gal-9 foram significativamente mais expressos em granulomas periapicais do que em cistos radiculares. A expressão de TLR-2 foi significativamente maior nos granulomas apicais e cistos radiculares do que do que no grupo controle, e também foi significativamente maior em cistos radiculares com fístulas do que nos casos sem fístula. Além disso, a expressão de TLR-4 foi significativamente mais elevada nos casos de granulomas periapicais com fístulas que nos casos sem fístulas. Conclusão: acreditamos que a expressão da Gal-9 pode modular a resposta inflamatória nestas lesões periapicais não reagudizadas, enquanto Gal-3 pode estar associada com a reagudização da resposta inflamatória, ativando assim as vias de TLR.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/686
Aparece nas coleções:2013

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Rita.pdf569,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.